Dicas para exercitar o animal de estimação postado por Gran dia 23 de Ago de 2013 às hs.

Você com certeza sabe que fazer exercício é bom para sua saúde. Você sabe que o exercício pode dar-lhe energia, ajudá-lo a manter o peso saudável, manter seus músculos e articulações flexíveis, ajudá-lo a viver mais tempo, e acima de tudo, fazer você se sentir melhor. Por todas estas razões, os animais de estimação precisam se levantar e se mexer. Não só para estender a vida de seus amigos de quatro patas, como também pode gastar um pouco de sua energia e torná-los um pouco menos propensos a mastigar as cortinas da sala.


O problema é como fazer. Sem alguém para liderar, os animais vão dar voltas apenas e depois sentar e relaxar. Como um dono maravilhoso, é parte da rotina do dono do pet proporcionar um exercício agradável regularmente, sejam seus animais domésticos cães, gatos, tartarugas ou furões! Todos os animais de estimação precisam de alguma atividade física para viver uma vida feliz e saudável.


Diferentes animais de estimação precisam de quantidades diferentes de exercício, por isso uma consulta ao veterinário é importante antes de iniciar o programa de treino com seu animal. Antes de exercitar seu animal, certifique-se de que ele está fisicamente apto o suficiente para lidar com isso. Cães e gatos ou seja qual for seu pet devem ser avaliados por um veterinário antes de iniciar um programa de treino. Considere também a idade do cão. Os exercícios de longa distância não são bons para os cães e gatos jovens e em desenvolvimento.


Com a aprovação de seu veterinário, você pode embarcar em um programa de exercícios que não vai ser chato para os dois. Para o seu animal de estimação é uma boa brincadeira com seu melhor amigo e vai ser divertido para você também!


Exercícios Para Os Cães

Os cães podem ser muito divertidos para o exercício porque eles adoram uma boa brincadeira e tudo para eles é brincar! Mas assim como as pessoas que não estão acostumadas a se exercitar, os cães devem começar devagar. Um ritmo moderado caminhada e natação são uma boa maneira de começar. Eles deixam os atletas caninos construir seu ritmo cardiovascular e força muscular sem estresse em suas articulações.


A rotina diária de dez a 15 minutos de caminhada ou natação é um bom começo para depois se passar para uma hora por dia. Se o animal está indo bem vá indo com longos passeios rápidos. Se não houver fadiga, ele pode mudar o seu ritmo e começar a correr com você. Uma vez que o animal está adaptado ao exercício, você e seu cão pode correr e caminhar com a guia ao lado.


 Mantenha um olhar atento sobre o seu cão para detectar quaisquer sinais incomuns de cansaço ou dificuldade para respirar. Se o seu cachorro quer parar, deixe. Cães que exageram na corrida podem sofrer problemas nos tendões ou ligamentos tensos ou outros problemas ortopédicos.


 Não espere que seu amigo esteja afim de correr nos fins de semana. Depois de uma longa semana sem exercício, o seu cão pode não estar pronto para sair e queimar energia. Mas por causa de seu entusiasmo, muitos das raças populares (como o labrador e golden retrievers) vão querer exagerar e ir pra a corrida com você com direito a ir buscar a guia. Não deixe.


Medidas De Segurança Para Exercitar Cachorros

Segurança em primeiro lugar, por isso mantenha o animal na coleira na rua. Mesmo os cães mais bem treinados podem correr para a frente de carro ou atacar um animal territorialista no caminho.


Concreto e asfalto são difíceis nas patas, especialmente em dias quentes. Tente rodar em estradas de terra ou grama. Gravetos, cinzas e sal na estrada também podem irritar patas. Acalme-se em condições meteorológicas extremas. Se houver tempestades, não saia com o animal. O barulho intenso pode assustar seu cachorro.


Quanto mais ativo o seu cão é, mais água ele vai precisar. Certifique-se de que ele tem abundância de água doce antes e após a sua execução da sua caminhada. Se for longe, leve uma vasilha com água para seu melhor amigo.


Exercícios Para Gatos

Os gatos podem mostrar preguiça uma boa parte do tempo: cochilando no sol da tarde, estendendo-se na cama e dormindo bem em seu colo durante a noite. Mas eles ainda precisam de exercícios em uma base regular. Os gatos são um pouco diferente do que os cães, precisam apenas de períodos curtos de intensa atividade, ao invés de longas sessões de exercício. O ritmo para os felinos deve ser mais lento.


Existem alguns brinquedos maravilhosos que você pode comprar deixar seu gato ativo, como pranchas para seu gato subir para o teto e animais mecânicos para perseguir ao redor da sala. Prefira coisas que ela pode rebater. Tudo o que se move facilmente no chão pode dá a seu gato a oportunidade de praticar exercícios, pois ele vai correr atrás. Pode ser até mesmo uma tampa da garrafa se ela for leve e sair rolando por ai. Uma folha de papel já vai despertar o gato.


Use também coisas que ele pode perseguir. A extremidade de uma corda em movimento é uma boa dica com um rato de borracha ao final, e deve atrair mesmo o gato mais sedentário.


Uma dica barata é usar coisas que o gato pode explorar. Caixas vazias e sacos de papel são sempre bem vistos por gatos que amam de verdade caixas, arranhando e se exercitando por horas para brincar.


Escolha ainda objetos que o gato possa arrancar. O arranhar dos gatos força alongamentos e tonifica os músculos nos ombros do seu gato e costas. Um poste ou mesmo um pedaço de papelão ou carpete pode mantê-lo ativo sem rasgar seu sofá.


A chave é descobrir que tipo de brinquedo o mais tentador para o seu gato para usá-lo de forma consistente. Você pode ter que tentar um monte de diferentes atividades, mas uma ele vai amar mais. Alguns gatos podem até mesmo ser treinados para andar na rua e voltar se você sentir que ele não vai se perder e nem correr riscos.


Fonte: Site Cultura Mix